Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Modelos arrasaram no programa Plugue da TV Rio Sul.

Modelos angrenses arrasaram na moda verão no programa Plugue da TV Rio Sul. Os (as) modelos que participaram foram: Amanda Coelho, Eduarda Melo, Carlos Augusto Vicentini, Juninho Andrade, Junio Saminino, Victoria Viana e Bruna de Cássia. O programa foi exibido no último sábado, dia 14 de janeiro de 2017, com direito a festa na piscina. Os programas de janeiro do Plugue de Verão foram gravados no Hotel do Bosque, em Angra.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Câmara Municipal forma as comissões.

Hoje ocorreu no Plenário Benedito Adelino, no Centro, a 1º sessão extraordinária de 2017 da Câmara de Angra dos Reis. Na ocasião foram formados as comissões da Casa Legislativa.
Veja quem são os componentes e o número de votos que cada componente levou:

COMISSÃO DE JUSTIÇA, REDAÇÃO, ASSUNTOS ESTRATÉGICOS, MEIO AMBIENTE, COMÉRCIO, INDÚSTRIA, AGRICULTURA, PESCA E TURISMO.

Luciana Valverde - 4 votos.
Flavinho - 5 votos.
Thimóteo - 5 votos.

COMISSÃO DE FINANÇAS, ORÇAMENTO, SANEAMENTO, HABITAÇÃO, OBRAS, SERVIÇOS PÚBLICOS, DIREITOS DO TRABALHADOR E DO CONSUMIDOR.

Jane Veiga - 8 votos.
Gedai - 4 votos.
Marco Santo Antônio - 2 votos.

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E LAZER.

Gedai - 4 votos.
Titi Brasil - 5 votos.
Helinho - 5 votos.

COMISSÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, DIREITOS DA CRIANÇA, DO ADOLESCENTE, DOS IDOSOS, DA MULHER E DOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS E DIREITOS HUMANOS.

Flavinho - 5 votos.
Jane Veiga - 4 votos.
Marco Coelho - 5 votos.

COMISSÃO DE SAÚDE.

Marco Santo Antônio - 5 votos.
Canindé - 4 votos.
Kamu - 5 votos.

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA.

Marco Santo Antônio - 4 votos.
Thimóteo - 6 votos.
Titi Brasil - 4 votos. 

 - Os demais vereadores não se candidataram a nenhuma comissão.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Acidente no Bracuhy.

Um acidente na rodovia Rio-Santos, envolvendo dois carros, deixaram cinco pessoas feridas nesta sexta-feira 13, no bairro Bracuhy. Os feridos foram encaminhados para dois hospitais: o Hospital Geral da Japuíba e o Hospital de Praia Brava.

Marinheiro tenta matar ex-patrão na BR-101.

Um marinheiro de 27 anos foi preso após tentativa de matar seu ex-patrão na rodovia Rio-Santos, no bairro Camorim. O fato aconteceu na tarde de ontem, dia 12 de janeiro.
Na fuga o suspeito se envolveu em um acidente com uma moto e dois carros. 
O ex-patrão foi baleado e levado para o Hospital Geral da Japuíba. 
O suspeito foi levado para 166º DP que confessou o crime. Disse também que estava com outras duas pessoas e que fez isso devido a uma dívida que o ex-patrão tinha com ele.

Protesto no Bracuhy.

Um protesto ocorreu na rodovia Rio-Santos (BR-101), no bairro Bracuhy. Os motivos foram a falta de energia elétrica e os alagamentos no período chuvoso. O manifesto aconteceu no fim da tarde do dia 11 de janeiro de 2017.

Chuvas em Angra.

Nos últimos dias tem chovido muito em Angra dos Reis. Os bairros mais atingidos foram Bracuhy, Frade e Monsuaba.
No bairro Serra D´água houve tromba d´água. 
No bairro Bracuhy, rios transbordaram, casas foram alagadas e uma ponte foi destruída. 
Entre os bairros Frade e Bracuhy, choveu 80 milímetros em duas horas, anteontem.
Nos últimos dias, diversos bairros de Angra ficaram sem energia.

O número da Defesa Civil em toda região é o 199.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Suspensão do Passageiro Cidadão será já no próximo dia 15.

O Programa Passageiro Cidadão será suspenso já no dia 15 de janeiro de 2017, no prazo de 180 dias, podendo ser prorrogado por mais 180 dias, de acordo com o decreto 10.450, de 11 de janeiro de 2017, que saiu no boletim oficial do município hoje. 
Segundo a Prefeitura, a dívida com o Passageiro Cidadão já passa de 9 milhões de reais. 
O passageiro que tinha o cartão, que desembolsava R$ 1,15, vai passar a pagar R$ 3,25 (Linha A: Circular, Marinas e Vila Velha)
O passageiro que tinha o cartão e que desembolsava R$ 1,35, vai passar a pagar R$ 3,90 (Linha B: demais linhas, exceção do Expresso que não passava o cartão).

FJ: 21 novas medidas para redução de gastos.

O prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão (PMDB), anunciou numa entrevista coletiva na tarde do dia 10 de janeiro de 2017, 21 medidas para a redução de gastos da Prefeitura, através de determinações, decretos e projetos de lei.
Entre outras medidas:
- intensificação de ações fiscais nas empresas, com o objetivo de aumentar a arrecadação;
- leilões do patrimônio imobiliário da prefeitura que não esteja sendo utilizado; 
- suspensão do Passageiro Cidadão;
- acabar com a isenção de iates clubes, marinas, etc;
- revisão de contratos;
- funcionários da Prefeitura que trabalham em outros municípios terão que voltar a trabalhar em Angra;
- redução de despesas em 30%. 
Algumas dessas medidas tem que passar pela Câmara Municipal para análise e votação. 
Segundo o prefeito, o programa Passageiro Cidadão já está com 9 milhões de reais em dívidas, só do governo anterior e a suspensão será para estudos desse programa. 
A dívida da Prefeitura passa de 400 milhões de reais.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Crime no Bracuhy.

Um homem morreu após tiro na cabeça, próximo a loja de roupas da vítima, no bairro Bracuhy. O rapaz foi levado para o Hospital da Japuíba, mas não resistiu. O caso está registrado na 166º DP.

Morre menino vítima de queimadura devido explosão de lancha na Ribeira.

O adolescente Diego Saar morreu hoje no hospital Pedro II, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro. Ele havia sido transportado de helicóptero, após ter 70% do corpo queimado devido a explosão de uma lancha na marina da Ribeira, em Angra. Diego era primo do ator Nicolas Prattes, o Zac da novela Rock Story.

domingo, 8 de janeiro de 2017

Lancha explode na Marina da Ribeira.

Uma lancha explodiu na manhã de ontem na marina da Ribeira, em Angra. Seis pessoas ficaram feridas e uma delas teve que ser levada para o hospital na zona oeste do Rio de Janeiro, de helicóptero. As outras vítimas chegaram a ser levadas para o Hospital Geral da Japuíba, mas foram transferidas para um hospital particular no Rio.
A família é da Barra da Tijuca, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Banqueta: Atiradores na cachoeira fazem uma vítima.

Dois atiradores encapuzados saíram do meio do mato e atiraram em um grupo de pessoas que estavam em confraternização na cachoeira do bairro Banqueta no primeiro dia de 2017. Uma pessoa morreu e 8 ficaram feridas. 

Baleados

Cláudia Ramigio dos Prazeres – 45 anos
Clarisa Nascimentos dos Santos – 5 anos
Anatie Nascimento Souza – 29 anos
Lia de Freitas Moreno – 16 anos
Jordão Ricardo Fernandes da Silva – 31 anos
Rosana Souza Cruz – idade não divulgada
Eliziane de Freitas Pereira – gestante – idade não divulgada
Lucia Helena Pinto da Rocha - idade não divulgada

Morto

Robson Pereira da Cruz - 31 anos - morador do bairro Banqueta

Primeiras medidas de trabalho do novo governo FJ.

Confira as primeiras medidas do governo Fernando Jordão:

 - O primeiro dia útil do governo de Fernando Jordão foi que ás 5 da manhã de hoje uma equipe da Secretaria de Desenvolvimento Urbano estava na Rua do Comércio, no Centro de Angra, para uma limpeza geral nas ruas e calçadas. As galerias de águas pluviais e de esgoto estão sendo desobstruídas. O mesmo trabalho está sendo feito no bairro Parque das Palmeiras;

 - Começaram hoje e com duração de três dias, pinturas nos meio fios e em postes começando no aterro do São Bento até o trevo da Sapinhatuba 2, passando pela Praia do Anil e Praia da Chácara;

 - A Prefeitura voltou a funcionar de 08:30h ás 17h com uma hora e meia de almoço; 

 - A prefeitura estará fechada a população por 10 dias para serviços internos e para averiguação da máquina pública. O atendimento ao público será apenas para arrecadação e serviços essenciais como assistência social e saúde; 

 - Volta de servidores cedidos a outros municípios.

Ex-prefeita divulga carta a população.





CARTA DIVULGADA NO DIA 28 DE DEZEMBRO DE 2016 NA PÁGINA DA PREFEITURA DE ANGRA NO FACEBOOK.

Carta aberta à população
Meus amigos e minhas amigas,
Chegamos ao fim de nosso período de gestão. Nesta última mensagem como prefeita, quero antes de tudo, agradecer a Deus, em primeiro lugar, e, em seguida, aos cidadãos e cidadãs de Angra dos Reis.
Há quatro anos saímos de uma disputa eleitoral duríssima para fazer mudanças que a cidade precisava. Não conseguimos essas mudanças por completo, e sou humilde para reconhecer e até pedir desculpas por não termos conseguido fazer tudo o que gostaríamos. Houve muitas dificuldades pelo caminho, situações que jamais algum prefeito teve de enfrentar como nós e o nosso governo.
A conjuntura econômica e política foi muito adversa e agravou-se nos últimos dois anos, com grande impacto sobre a administração. Em momento algum nos curvamos. Soubemos resistir e temos, sim, resultados a apresentar. As mais importantes realizações serão um legado desta gestão.
Conquistamos a faculdade de medicina e abrimos o Hospital Geral da Japuíba, em duas decisões de coragem e ao mesmo tempo de otimismo com o futuro. Também demos sequência às obras de saneamento da região central e começamos o Minha Casa, Minha Vida, que é o maior programa habitacional da história. Avançamos com a titularidade de imóveis em localidades como o condomínio Morada do Bracuhy e Areal, construímos as pontes do Areal e da Banqueta e fizemos a ampliação da barragem da Banqueta, aumentando a oferta de água para toda a região central e Japuíba, entre outras realizações pequenas ou grandes, mas essenciais.
É certo que teríamos feito muito mais, não fosse a situação econômica sem precedentes que enfrentamos. As receitas nunca alcançaram as metas projetadas e houve queda em vários indicadores ligados ao petróleo e à atividade econômica do estado do Rio. São perdas que, obviamente, não dependem da competência do município. Angra dos Reis não é uma cidade isolada do restante do país.
Para tornar ainda mais grave nossa situação, vimos a paralisação das obras da usina Angra 3 e a redução dos empregos na indústria naval, novamente por razões que não dizem respeito à gestão da prefeitura. Foram realmente tempos excepcionais.
Também demos passos em direção a uma gestão mais enxuta, reduzindo funções de livre nomeação, reduzindo despesas em contratos e horas extraordinárias. Mas não há decisões sem perda e houve impactos no funcionamento de alguns serviços, apesar de nossa meta ter sido sempre a de garantir os serviços essenciais à população.
As questões de natureza financeira tornaram impossível manter a regularidade nos pagamentos da prefeitura e, em especial, ao funcionalismo, pessoalmente a minha maior frustração. Nenhum gestor quer deliberadamente passar por esta situação. Não há demérito na ação judicial que permitiu êxito no pagamento dos salários. Longe de ser o que gostaríamos, foi a medida possível para o momento e uma vitória coletiva, ainda que com um impacto para o futuro.
Com sinceridade e coração aberto, torço para que esta adversidade econômica não seja vivida pelos próximos governantes.
Nosso governo foi honesto, transparente e democrático. Encerramos este período com uma transição também aberta e integral. Apesar dos meus dissabores, tenho a cabeça erguida e a consciência de que jamais fugimos ao compromisso fundamental que assumimos com a população de Angra, até o último dia de governo.
Novamente agradeço à população de Angra, por ter me permitido cumprir meu dever, e a todos que trabalharam comigo de algum modo, aos vereadores e a todos, indistintamente, meu muito obrigada pela confiança e pelo aprendizado nesta convivência.
Que venha 2017 e com ele otimismo, confiança e autoestima para nós angrenses. Que mantenhamos a disposição para o trabalho e que Deus nos abençoe sempre.
Maria da Conceição Caldas Rabha
Prefeita de Angra dos Reis.